EXAME/IDEIA: Maioria dos brasileiros avalia que trabalho de Bolsonaro é ruim ou péssimo

·1 minuto de leitura
BRASILIA, BRAZIL - JUNE 29: President of Brazil Jair Bolsonaro looks on during an event to launch a new register for professional workers of the fish industry at Planalto Government Palace on June 29, 2021 in Brasilia, Brazil. Health Minister, Marcelo Queiroga, announced after the event and in conversation with journalists, that the contract with the Covaxin vaccine is suspended. (Photo by Andressa Anholete/Getty Images)
Governo de Jair Bolsonaro atingiu o pior nível de avaliação segundo levantamento EXAME/IDEIA (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)
  • Maioria dos brasileiros desaprova trabalho de Bolsonaro enquanto presidente

  • No Nordeste, desaprovação do presidente é ainda maior

  • Índice de "ruim ou péssimo" para avaliar o governo Bolsonaro chegou a 54%

Ao serem questionados sobre o trabalho de Jair Bolsonaro (sem partido) enquanto presidente do Brasil, a maior parte dos brasileiros se mostra insatisfeita. É o que mostra uma pesquisa EXAME/IDEIA.

O levantamento perguntou: “Você aprova ou desaprova a maneira como Jair Bolsonaro está lidando com seu trabalho como presidente?”

  • Aprova: 24%

  • Desaprova: 51%

  • Não aprova nem desaprova: 22%

  • Não sabe: 3%

O índice de desaprovação de Bolsonaro e maior entre pessoas que moram no Nordeste: 55%. Segundo Maurício Moura, fundador do IDEIA, houve uma queda consideração na aprovação do presidente.

Leia também:

A avaliação do governo Bolsonaro também mostrou queda relevante. O índice de ruim ou péssimo é o mais alto já detectado pelo instituto de pesquisa.

  • Ótimo ou bom: 23%

  • Regular: 21%

  • Ruim ou péssimo: 54%

  • Não sabe: 3%

“Em relação à última pesquisa, detectamos uma queda tanto da avaliação positiva quanto da aprovação do governo e uma estabilidade bastante perigosa do ruim e péssimo, na casa dos 54%. Mais uma vez, as fortalezas do governo continuam em bastante evidência, com o grupo de evangélicos e o de moradores da Região Centro-Oeste”, explicou Moura.

Em relação à corrupção, 45% dos brasileiros acreditam que Bolsonaro não trabalhara para combater atos ilícitos dentro do governo.

A pesquisa EXAME/IDEA ouvir 1.248 pessoas entre os dias 28 de junho e 1º de julho. As entrevistas foram feitas por telefone, tanto passa fixos quanto para celulares. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos