EXCLUSIVO-EUA vão suspender restrições de viagem para oito países africanos, diz fonte

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Pessoas caminham em aeropoero de Seattle, nos EUA
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Joe Biden
    Joe Biden
    Presidente dos Estados Unidos

Por David Shepardson

(Reuters) - O governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, irá suspender as restrições de viagem aplicadas sobre oito países africanos no mês passado por conta de temores com a variante Ômicron do coronavírus, afirmou uma autoridade do governo à Reuters.

Cidadãos estrangeiros, que foram barrados dos Estados Unidos por terem passado em algum dos oito países nos últimos 14 dias, poderão ser admitidos em voos para os EUA a partir da meia-note e um minuto no dia 31 de dezembro, acrescentou a autoridade.

Os Estados Unidos barraram no dia 29 de novembro quase todos os que não fossem cidadãos norte-americanos que estiveram na África do Sul, Botsuana, Zimbábue, Namíbia, Lesoto, Eswatini, Moçambique e Malauí em uma medida de "abundância de cautela" por conta da variante detectada na África do Sul.

A autoridade afirmou que as agências de saúde pública dos EUA haviam recomendado a suspensão das restrições de viagens pois a manutenção delas não teria um impacto significativo nos casos dos EUA, por conta da atual transmissão generalizada em solo norte-americano, da confiança de que uma vacina específica para a Ômicron não será necessária e de que os imunizantes atualmente disponíveis e as doses de reforço são eficazes.

"Essa pausa de viagem serviu seu propósito. Com ela ganhamos tempo para entender a ciência, ganhamos tempo para analisar a variante", disse a autoridade --que não quer ser identificada já que a decisão ainda não foi publicada-- à Reuters.

"Isso não foi feito para manter a Ômicron fora. Nós sabíamos que não podíamos fazer isso. O ponto era reduzir o número de casos entrando no país --naqueles primeiros dias e semanas".

(Reportagem de David Shepardson em Grand Rapids, Michigan)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos