Exclusivo para Xbox, jogo Alan Wake vai ganhar série de TV

Rafael Arbulu
Lançado em maio de 2010 para Xbox 360 e em 2012 para o Windows, o jogo “Alan Wake” é um thriller psicológico de terror que figurou entre os 10 maiores títulos do console da Microsoft para aquele ano. Série já está em pré-produção, escolhendo estúdios para exibí-la na TV

Um dos maiores títulos já lançados para o Xbox 360, Alan Wake (2010) vai ganhar uma série de TV. Segundo informações publicadas pela Variety, a produção será encabeçada por Peter Calloway, que assumirá o papel de produtor e que já escreveu episódios da série Marvel’s Cloak & Dagger e produtor executivo da série Legion, ambas exibidas nos EUA e que trazem relações com diversos filmes da Marvel. Também envolvido no projeto está Sam Lake, criador do jogo. O estúdio que desenvolveu o jogo, Remedy Entertainment, compartilhou a informação em sua conta oficial no Twitter (ver abaixo).

Tomas Harlan, da Contradiction Films (que vai assinar a produção e filmagens da série), disse à Variety que “‘Alan Wake’ era basicamente uma série de TV em formato de jogo. Essa era a visão que Sam [Lake, criador do jogo] tinha. Ele foi influenciado por muitas séries da TV americana, como ‘Twilight Zone’, ‘Secret Window’, ‘Northern Exposure’. Queremos trabalhar muito perto dele para esse show. Esse é o bebê dele”.

Alan Wake conta a história do personagem titular do jogo, um escritor famoso de thrillers que tenta descobrir o mistério por trás do desaparecimento de sua esposa durante férias do casal na cidade fictícia de Bright Falls, enquanto escapa de perigos remetentes ao seu último livro — que ele sequer lembra de tê-lo escrito. O jogo, que teve amplo sucesso à época de seu lançamento, nunca chegou a ganhar uma sequência propriamente dita, mas teve um spin-off publicado em 2012 (Alan Wake: American Nightmare). Mais além, uma websérie de seis episódios foi produzida como um prólogo do jogo, e uma série de livros compõem todo o enredo da marca.

O jogo segue uma narrativa episódica e, em sua estrutura de gameplay, traz até pequenas interações do usuário com minisséries produzidas especialmente para serem reproduzidas durante a partida. Esses pequenos detalhes inauguraram, junto do jogo, um novo modelo de storytelling. Ao todo, Alan Wake vendeu 4,5 milhões de cópias. O Canaltech fez a análise dele, ressaltando a sua qualidade.


Fonte: Canaltech