Exclusivo: Theatro Municipal do Rio reabre ao público com espetáculos de balé gratuitos

·1 min de leitura

Fechado há mais de 17 meses em razão da pandemia, o Theatro Municipal do Rio voltará a receber o público a partir de 28 de outubro, com apresentações gratuitas de balé clássico. Embora os protocolos oficiais já permitam a ocupação máxima da plateia, apenas 550 dos 2.300 assentos estarão liberados neste primeiro momento — os espectadores precisarão apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19 na entrada.

Entre os dias 28 e 31 de outubro, o corpo de baile da instituição encenará "A noite de Walpurgis", que faz parte da ópera "Fausto", de Charles Gounod. O programa que marca o retorno das atividades no endereço histórico também incluirá o Grand Pas Classique de "Paquita", com coreografia de Marius Petipa, levado à cena pelos bailarinos da Cia de Ballet da Escola Maria Olenewa (BEMO).

Na última semana, a instituição promoveu um evento-teste, com familiares de alunos e funcionários da casa, para realizar os últimos ajustes no espaço, que ainda prezará pelo distanciamento social na plateia, além do uso obrigatório de máscaras. Os ingressos para as noites de reabertura, totalmente gratuitos, deverão ser retirados pelo público na bilheteria do teatro, a partir do dia 25 de outubro. Cada pessoa só poderá adquirir quatro entradas (será exigido número de CPF).

No dia 6 de novembro, será a vez de a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal subir ao palco para comemorar 90 anos de existência. Até dezembro, outras atrações serão apresentadas por lá. Os detalhes da agenda, porém, ainda não estão confirmados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos