Executivo comenta futuro de Igor Paixão, do Coritiba, e assédio na janela de transferências

A proximidade da janela de transferências internacional, que se abre no dia 18, movimenta os bastidores do Coritiba em relação ao atacante Igor Paixão, de 22 anos. Embora haja preferência por negociar o atleta para o exterior, o head esportivo do Coritiba, Renê Simões, afirmou ao blog que não concorda com a limitação de sete jogos para bloquear as transferências entre clubes no Brasil. Vale lembrar que o Flamengo, adversário deste sábado, no Brasileiro, consultou a situação do jogador.

— Eu e minha equipe vemos a necessidade da janela . Mas eu discordo totalmente da janela e o bloqueio dos sete jogos . Se vamos imitar a Europa com janela , por que o bloqueio? — questionou Renê.

O executivo do Coritiba disse que a negociação de Igor Paixão está a cargo do presidente do clube, Juarez Moraes e Silva, e que Igor lida bem com o assédio.

— Ele é um menino especial . Não mudou nada . Nos no clube decidimos que esse assunto somente o presidente e dois vices estarão resolvendo .

A multa de Igor Paixão para o exterior é de 50 milhões de euros. Para o mercado nacional, R$ 100 milhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos