Executivo do grupo russo Lukoil morre após "grave doença"

O presidente do conselho de administração do grupo petroleiro russo Lukoil, Ravil Maganov, faleceu após uma "grave doença", anunciou a empresa nesta quinta-feira (1), sem revelar mais detalhes.

"Lamentamos profundamente anunciar que Ravil Maganov (...) faleceu após uma grave doença", afirmou a Lukoil em um comunicado.

Várias agências de notícias russas informaram que Maganov, nascido em 1954, faleceu no hospital clínico central de Moscou.

Algumas fontes afirmaram que o executivo caiu de uma janela.

A polícia ainda não se pronunciou sobre a morte.

Maganov foi um dos diretores históricos do grupo fundado em 1991. De acordo com a Lukoil, ele propôs o nome da empresa.

Em março, a Lukoil foi uma das poucas empresas russas que pediu o fim da ofensiva de Moscou na Ucrânia, que provocou uma série de sanções de países ocidentais contra grandes grupos e autoridades russas.

No fim de abril, o milionário Vaguit Alekperov, renunciou à presidência do grupo. Uma semana antes, ele havia sido incluído em uma lista de personalidades russas objetos de sanções no Reino Unido.

bur/lth/sag/zm/fp