Executivos de bancos são convidados para conversa com Moro promovida por consultoria

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
BRASILIA, DF, 25.11.2021: PARTIDO-PODEMOS - Os ex-ministros do governo Bolsonaro, Sérgio Moro e o general Carlos Alberto dos Santos Cruz, durante evento de filiação de Santos Cruz no Podemos, partido ao qual Moro também se filiou. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASILIA, DF, 25.11.2021: PARTIDO-PODEMOS - Os ex-ministros do governo Bolsonaro, Sérgio Moro e o general Carlos Alberto dos Santos Cruz, durante evento de filiação de Santos Cruz no Podemos, partido ao qual Moro também se filiou. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Executivos de alguns grandes bancos receberam convite para uma conversa que a consultoria Eurasia vai promover com Sergio Moro (Podemos) no dia 30. O ex-juiz é chamado de potencial candidato à presidência em uma mensagem repassada para os funcionários.

Antes da filiação ao Podemos, a Eurasia apontou em relatório que Moro não era favorito entre os candidatos de terceira via e indicou que ele sairia em algum momento da disputa presidencial para apoiar outro nome.

A última pesquisa Datafolha, divulgada em setembro, não testou o nome de Moro, mas em maio, dois meses depois de o STF rever as sentenças que havia proferido nas ações contra o ex-presidente Lula, o ex-juiz apareceu com 7% das intenções de voto, empatado tecnicamente com Ciro Gomes (PDT), que tinha 6%. À frente de ambos estavam Lula, com 41%, e Jair Bolsonaro (sem partido), com 23%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos