Explicar piada perde a graça? Sem descrição, memes podem ser inacessíveis para pessoas cegas

·2 min de leitura
Mulher negra segura o celular e sorri olhando para a tela
Quando você descreve um meme, o intuito é tentar traduzir em palavras o que está naquela imagem (Foto: Getty Images)

Frases engraçadas e que ficam na nossa cabeça, montagens, gifs, slogans, tirinhas. Tudo isso faz parte da linguagem própria da internet. Os famosos memes estão por todo lado, mas às vezes nem nos damos conta de como eles estão presentes na vida de quem usa redes sociais com frequência.

Todo esse conteúdo é compartilhado com muita naturalidade entre diferentes grupos para criar conexão entre as pessoas, sejam amigos, colegas de trabalho ou até mesmo aquela pessoa que você sente algum tipo de atração emocional ou sexual. Mas essas piadas, montagens e mesclas de conteúdo nem sempre são acessíveis para pessoas cegas.

Leia também

Como já disse em outras oportunidades aqui na coluna, os programas que fazem a leitura do que está na tela identificam informações textuais, mas não o conteúdo dentro de uma imagem.

Se você sempre se perguntou como contribuir com a acessibilidade, saiba que uma forma de fazer isso é descrevendo os memes. Para te provar que qualquer pessoa pode fazer isso, vou te contar uma pequena história.

Em 2016, quando ainda fazia faculdade, entrei em um grupo que chamava “acervo de cantadas chiques”, no Facebook. Naquele tempo, o grupo tinha menos de 10 mil membros e nenhuma postagem com descrição.

Precisamente em 23 de julho daquele ano, decidi fazer uma publicação no grupo para incentivar a prática. O resultado foi fantástico: cada vez mais pessoas postando memes com descrição e uma regra oficial: “Posts sem a acessibilidade serão deletados sem aviso prévio”.

Seis anos se passaram, o grupo se multiplicou e hoje tem centenas de milhares de pessoas. E continua com a mesma regra sobre acessibilidade. Iniciativas semelhantes surgiram na mesma época e começaram a passar uma mensagem importante: entretenimento é para todos e precisa promover a inclusão de pessoas com deficiência.

A acessibilidade pode e deve estar presente nos mais variados tipos de imagens, de cantadas românticas a frases engraçadas, passando por gifs fofos e memes com conteúdo explícito e erótico.

Toda vez que eu encontro um meme com descrição eu sinto que um mundo de possibilidades se abriu para mim: posso interagir, me conectar e me comunicar com as pessoas em diferentes contextos e situações.

Quer começar? Então você pode iniciar sua descrição nomeando aquela imagem: é um tweet, uma tirinha, uma conversa no whatsapp ou outro tipo de ilustração? Pense em perguntas simples. O que ou quem está na imagem? Como ou qual ação está sendo realizada?

Foque no contexto e na mensagem que aquele meme deseja transmitir para não se perder na quantidade de informações. apesar da brincadeira no título, não se preocupe em explicar: o intuito é tentar traduzir em palavras o que está naquela imagem. Por fim, não esqueça de transcrever literalmente os textos. Com a prática, vai ficar cada vez mais fácil e divertido fazer essas descrições.

Descrição da imagem: Uma mulher negra segura o celular com as duas mãos e olha para a tela, enquanto sorri, com os dentes à mostra. A mulher tem cabelo preto cacheado, envoltos em um turbante e usa uma blusa azul.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos