Explosão de bomba no Afeganistão mata dez pessoas

(Arquivo) Um soldado afegão ao lado de um veículo destruído por um ataque suicida a bomba em Cabul

Dez pessoas, entre elas quatro mulheres e uma criança, morreram nesta sexta-feira no leste do Afeganistão, quando uma bomba explodiu com a passagem de um veículo, informaram as autoridades.

"Explodiu uma bomba junto à estrada quando passava um veículo civil no distrito de Jaghato", disse à AFP o porta-voz do governador da província de Ghazni (leste), Aref Noori.

"Infelizmente, 10 pessoas, entre elas quatro mulheres e uma criança, morreram", acrescentou, informando também sobre seis feridos.

Este saldo de vítimas foi confirmado por Marwa Amini, uma porta-voz do ministério do Interior em Cabul.

A explosão, que não foi reivindicada, acontece dois dias depois a um ataque dos talibãs contra a base militar de Bagram, controlada pelos americanos, no qual morreram dois civis e houve 73 feridos.

Este ataque fez que os Estados Unidos suspendesse temporariamente suas negociações em Doha com os talibãs sobre uma retirada das forças americanas do Afeganistão.

O emissário de Washington para essas discussões, Zalmay Khalilzad, considerou que os talibãs "devem mostrar que querem responder ao desejo de paz dos afegãos, que são capazes disso", e anunciou uma "breve pausa" nas negociações.