Explosão em Bangladesh mata dezenas de pessoas e cria cenário de caos com centenas de feridos

bombeiros
Explosão foi tão grande que barulho foi ouvido a quilômetros de distância

Um incêndio e uma enorme explosão mataram pelo menos 49 pessoas e feriram outras centenas na noite de sábado (4) em um depósito perto da cidade de Chittagong, Bangladesh.

Centenas de pessoas tentaram combater o fogo quando vários contêineres explodiram no local. Acredita-se e que produtos químicos estavam armazenados em alguns desses contêineres. Incêndios industriais são comuns em Bangladesh e muitas vezes são atribuídos a regulamentos de segurança deficientes.

Muitos dos feridos estão em estado crítico e o número de pessoas mortas deve aumentar. Os hospitais da região estão sobrecarregados, com multidões de pessoas esperando nos corredores por tratamento. Médicos fizeram apelos por doações de sangue e clínicas militares estão ajudando a tratar os feridos.

socorrista
Bombeiros e voluntários tentavam apagar um incêndio num armazém quando uma forte explosão os envolveu nas chamas

O incêndio começou por volta das 21:00 locais (11:00 horário de Brasília) de sábado e centenas de bombeiros, polícia e voluntários chegaram rapidamente ao local.

Enquanto tentavam apagar o fogo, uma enorme explosão lançou chamas nos socorristas e jogou destroços e pessoas no ar. "A explosão me lançou a cerca de 10 metros de onde eu estava. Minhas mãos e pernas estão queimadas", disse o motorista de caminhão Tofael Ahmed à agência de notícias AFP.

Voluntários, alguns usando apenas sandálias nos pés, continuavam a trazer corpos dos destroços fumegantes na manhã de domingo. Imagens do local mostram os restos retorcidos de contêineres de metal e o teto desabado de um armazém. Um jornalista local disse à BBC que havia um odor pungente no ar.

Pelo menos cinco bombeiros morreram na explosão e vários outros ficaram feridos. Muitas pessoas ainda estão desaparecidas, incluindo jornalistas que estavam noticiando o incêndio antes da explosão.

A explosão foi tão grande que foi ouvida a vários quilômetros de distância e quebrou as janelas dos prédios próximos. Um lojista local disse a repórteres que um pedaço de detrito voou meio quilômetro e caiu em sua loja. Ele descreveu ter visto "bolas de fogo caindo como chuva" após a explosão.

resgate de corpo
Voluntários e socorristas tentam resgatar feridos e corpos

Muitas pessoas em Bangladesh estão comparando o incidente com a enorme explosão que atingiu Beirute em 2020, diz Akbar Hossain, da BBC, na capital, Dhaka. Ele diz que as pessoas relataram ter ouvido a explosão de 30 a 40 km de distância.

Os bombeiros ainda estavam lutando para apagar o fogo neste domingo (5), com explosões contínuas tornando a situação mais difícil.

O exército colocou sacos de areia para evitar que produtos químicos fluíssem para o Oceano Índico. Cerca de 4.000 contêineres estavam armazenados no depósito em Sitakunda, que fica a cerca de 40 km de Chittagong - o principal porto marítimo de Bangladesh e a segunda maior cidade. Sitakunda atua como ponto de trânsito para mercadorias que transitam pelo porto.

fumaça em armazém
Armazém abrigava cerca de 4.000 contêineres

Um funcionário do governo regional disse que o depósito continha milhões de dólares em roupas esperando para serem exportadas para varejistas ocidentais. Bangladesh é um importante fornecedor de roupas para o Ocidente e prosperou na última década ao se tornar o segundo maior exportador de roupas do mundo.

Mas os regulamentos de segurança são frequentemente ignorados ou mal aplicados, e houve vários grandes incêndios e outros incidentes nas fábricas nos últimos anos.

No domingo, o jornal Dhaka Tribune publicou uma lista de 12 desastres industriais - incluindo incêndios, colapsos de edifícios e vazamentos de produtos químicos - que mataram mais de 1.000 pessoas desde 2005.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos