Explosão em petroquímica no Texas força retirada de moradores e deixa feridos

Foto da fábrica petroquímica de Port Neches, Texas, onde ocorreu uma explosão em 27 de novembro, fornecida por Ryan Mathewson, que vive perto do local

Três pessoas ficaram feridas na forte explosão registrada nesta quarta-feira em uma fábrica petroquímica no Texas, sul dos Estados Unidos, que provocou a evacuação da área próxima ao local.

A ordem de evacuação foi emitida aos moradores em um raio de meia milha (800 metros) ao redor da fábrica da TPC em Port Neches.

Fotos e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram a forte explosão na fábrica, que fica a 135 km de Houston, que produziu uma enorme bola de fogo.

"Acordamos com vidros quebrados por todos os lados e parte do teto no chão, as portas arrancadas pela onda expansiva da explosão", disse à AFP Ryan Mathewson, de 25 anos, que mora com a família perto da fábrica.

"Estamos em choque e assustados", afirmou.

Um abrigo foi estabelecido em uma igreja de Nederland para os que foram obrigados a abandonar suas casas, informou a imprensa local.

O juiz do condado, Jeff Branick, afirmou ao site local KFDM News que não foram registradas mortes e que apenas três pessoas ficaram levemente feridas, o que ele chamou de "milagre".

Um funcionário sofreu queimaduras e foi transportado de helicóptero para um hospital de Houston, 135 km a oeste. Os outros dois feridos sofreram fraturas; um da perna e outro do pulso. Um deles já recebeu alta, informou Branick.

O juiz acrescentou que não há desaparecidos entre os 200 funcionários que estavam na fábrica no momento da explosão.

O TPC Group, que opera a fábrica, informou que a explosão aconteceu em uma unidade de processamento" durante a madrugada. A empresa ativou o "Plano de Resposta de Emergência" e pediu a ajuda do Departamento de Bombeiros de Port Neches".

O TPC informou que dois feridos são funcionários da companhia e o terceiro é um terceirizado.

"A situação está em curso, mas será controlada com a maior velocidade e segurança possíveis", afirmou a empresa.

"Todos os funcionários foram retirados do local. Encontramos todos os trabalhadores e três empregados que ficaram feridos estão sendo atendidos", informa um comunicado.

"Agora estamos concentrados na proteção das equipes de socorro e da população, assim como em minimizar o impacto ambiental da explosão".

"No momento não podemos falar das causas do acidente nem do alcance dos danos, mas o TPC vai formar uma equipe para realizar uma investigação completa e rigorosa", acrescentou.

A instalação produz butadieno, um gás inflamável utilizado na produção de borracha sintética, e outros petroquímicos como o butano.