Autoridades turcas suspeitam de ataque "terrorista" em Istambul

Uma mulher não identificada poderá estar na origem da explosão, este domingo, no centro de Istambul, na Turquia. Informação da imprensa turca que adianta que uma mulher foi vista a deixar um saco no local da explosão. O ataque fez pelo menos seis mortos e mais de 80 feridos.

Logo na primeira declaração ao país, o presidente turco denunciou indícios de terrorismo.

"De momento, segundo o governador, as primeiras observações sugerem um ataque terrorista. As primeiras conclusões indicam que houve uma mulher que desempenhou um papel," declarou Recep Tayyip Erdogan.

Recep Tayyip Erdogan prometeu punir os culpados deste "vil atentado". O ataque não foi reivindicado, mas já foi aberta uma investigação.

A explosão ocorreu durante a tarde na rua Istiqlal - a mais movimentada via pedonal no coração da cidade.

Um vídeo colocado online mostra o momento da explosão.

A Turquia foi atingida por uma série de atentados do Daesh entre 2015 e 2017.