Odebrecht é condenada nos EUA a pagar US$ 2,6 bilhões por propinas

Nova York, 17 abr (EFE).- A justiça dos Estados Unidos condenou nesta segunda-feira a Odebrecht a pagar uma multa de US$ 2,6 bilhões pelo escândalo de propinas pagas a funcionários públicos de 12 países, sobretudo da América Latina.

A Odebrecht deverá pagar US$ 2,39 bilhões no Brasil, US$ 116 milhões na Suíça e outros US$ 93 milhões nos EUA, segundo a sentença expedida pelo juiz Raymond Dearie, disse à Agência Efe um porta-voz da promotoria federal do distrito leste de Nova Iorque.

A sanção, determinada em um tribunal do Brooklyn, é resultado de um acordo negociado pela construtora brasileira com o Departamento de Justiça dos EUA e com autoridades de Brasil e Suíça. EFE