Exportações de armas dos EUA aumentam 49% no ano fiscal de 2022

Tanque "Abrams" dos EUA

Por Mike Stone

WASHINGTON (Reuters) - As vendas de equipamentos militares dos Estados Unidos para governos estrangeiros aumentaram 49%, para 205,6 bilhões de dólares, no último ano fiscal, disse o Departamento de Estado norte-americano nesta quarta-feira.

As vendas aprovadas no ano incluíram 13,9 bilhões de dólares em caças F-15ID para a Indonésia, 6,9 bilhões em navios Multi-Mission Surface Combatant para a Grécia, e 6 bilhões de dólares em tanques M1A2 Abrams para a Polônia.

A General Dynamics Corp produz o tanque Abrams, a Boeing faz o jato F-15 e a Lockheed Martin Corp faz os navios.

Há duas formas principais de governos estrangeiros comprarem armas de empresas norte-americanas: vendas comerciais diretas negociadas entre um governo e uma empresa, e vendas militares estrangeiras nas quais um governo estrangeiro normalmente entra em contato com um funcionário do Departamento de Defesa na embaixada dos EUA em sua capital. Ambos requerem a aprovação do governo dos EUA.