Exposição e pressão política. Parte do conselho do Cruzeiro se irrita com cobrança

Carta do Cruzeiro enviada aos conselheiros do clube, cobrando adesão ao programa de sócio-torcedor

O trabalho do Cruzeiro em 2020 tem sido para reconstruir o clube, deixado em situação financeira caótica pela gestão do ex-presidente Wagner Pires de Sá. Rebaixado no Campeonato Brasileiro e com perda de R$ 220 milhões no orçamento, a direção celeste tem feito de tudo para conseguir novas receitas. Um dos atos mais recentes foi cobrar a adesão de conselheiros ao programa de sócio-torcedor da Raposa. No entanto, a ação irritou algumas pessoas, que classificaram o ato como uso político do clube.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Em carta assinada por José Dalai Rocha, presidente em exercício, e Saulo Fróes, presidente do Núcleo Gestor, a direção executiva do Cruzeiro revela um levantamento feito sobre a participação dos conselheiros no sócio-torcedor e ficou constatado que a maioria não tem ajudado o clube financeiramente neste momento tão complicado.

No documento enviado aos conselheiros, a direção do Cruzeiro solicita essa adesão, para ajudar no processo de reconstrução do clube. No entanto, a carta vazou para a imprensa. O site Deus Me Dibre foi o primeiro que divulgou, o que aumentou a insatisfação de alguns conselheiros, que enxergaram a ação como uma exposição desnecessária do conselheiro deliberativo em um novo ato político.

Essa não é a primeira vez que a diretoria do Cruzeiro causa mal-estar entre alguns conselheiros. Antes dessa carta, o uso dos canais oficiais do clube para o lançamento de Emílio Brandi como candidato a presidente também não foi bem visto.

Em 2020, o Cruzeiro passará por duas eleições. Em maior será escolhido o presidente para cumprir o restante do mandato de Wagner Pires de Sá, até dezembro. Já em outubro o conselho deliberativo vai escolher o presidente do clube para o triênio 2021/2023.

Leia a carta na íntegra.

Prezados Conselheiros,

UM NOVO CRUZEIRO ESTÁ SURGINDO

Recentemente foram lançadas as novas modalidades do plano Sócio Torcedor.

A situação financeira do clube como é de conhecimento de todos, é muito delicada, havendo necessidade urgente de auferir novas receitas.

Ser conselheiro do Maior de Minas é uma honra, um grande privilégio haja vista a lista enorme de cruzeirenses aguardando vaga para fazer arte desse seleto grupo.

E dentro dessa premissa, é importante que os conselheiros do clube façam a sua parte neste momento de reconstrução.

Em levantamento feito recentemente foi detectado, para nossa surpresa, que a maior parte dos conselheiros ainda não são sócios-torcedores. Precisamos mudar essa página e por isso necessitamos do apoio maciço de nossos conselheiros adquirindo o plano Sócio Palestra.

O Conselho Gestor tem feito um trabalho árduo nessa reconstrução, implantando um severo choque de gestão, cortando vários benefícios inclusive de alguns conselheiros que prestavam serviço ao clube contrariando o nosso Estatuto.

Todos esses processos já estão em posse da Comissão Disciplinar para aplicar as punições cabíveis.

Por isso, reiteramos que esse apoio é fundamenta, vamos fazer o Cruzeiro voltar a despontar no cenário nacional e internacional!

Um novo Cruzeiro está ressurgindo e o precisamos fazer a nossa parte.

Contamos com o apoio de todos.

Filiação, Já!

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.