Ex-vice do Palmeiras celebra 68 anos de Copa Rio e reitera evento

João Carlos Vital (esq.), prefeito de São Paulo, entrega ao jogador Jair, do Palmeiras, troféu de campeão da Copa Rio de 1951 (Acervo/Gazeta Press)

O ex-vce de futebol do Palmeiras Roberto Frizzo celebrou o aniversário da conquista da Copa Rio de 51, que hoje completa 68 anos nesta segunda-feira (22), ao mesmo tempo em que reiterou a realização do “Workshop Sobre o Mundial”, evento que organiza e que foi adiado de agosta para o mês de outubro.

“O Mundial está cada vez mais vivo no coração dos palmeirenses e do esporte brasileiro”, festejou Frizzo, que foi vice de futebol na gestão de Arnaldo Tirone. “O Palmeiras resgatou com aquele título a alegria que havia sido ofuscada na Copa do Mundo de 1950.”

O ex-cartola reiterou a realização do workshop sobre a Copa Rio que organiza, mas informou que o evento, inicialmente previsto para Agosto, mês de aniversário do Palmeiras, será adiado para outubro por questões de saúde do jornalista e historiador Arnaldo Branco, que ajudou a compilar o dossiê que foi entregue à Fifa.

O evento está previsto para acontecer na sede da Central dos Sindicatos Brasileiros, cujo presidente é o conselheiro palmeirense Antonio Neto. Além de Branco, entre outros palestrantes, deve participar o ex—presidente Mustafá Contursi, em cuja gestão foi produzido o dossiê da Copa Rio-51.