Ezra Miller assume culpa por invasão e aceita acordo de liberdade condicional

Ezra Miller se declarou culpado num tribunal de Bennington, em Vermont, nos EUA, nesta sexta-feira, por invadir a casa de um vizinho, informa a revista Variety.

A estrela de “Animais Fantásticos” e “The Flash”, que se identifica como pessoa não-binária, aceitou um acordo judicial para evitar a prisão, devendo pagar uma multa de US$ 500 (R$ 1,5 mil) e um ano de liberdade condicional, composta por 41 pontos, incluindo não beber, passar por testes de drogas e assumir o compromisso de buscar tratamento de saúde mental.

Miller, de 30 anos, havia recebido uma acusação de invadir a casa de um vizinho e roubar várias garrafas de bebidas acoólicas da despensa em maio de 2022.

Inicialmente, a polícia considerava Miller responsável por invasão de propriedade, roubo e furto, mas estas duas últimas acusações foram retiradas. Caso contrário, Miller poderia ter pego uma sentença de até 25 anos de prisão.

“Ezra Miller assumiu sua culpa nesta manhã de uma contravenção de invasão ilegal no Tribunal Superior de Vermont e aceitou as condições impostas pelo tribunal", afirmou o advogado num comunicado enviado à Variety. "Ezra gostaria de agradecer ao tribunal e à comunidade por sua confiança e paciência ao longo deste processo, e mais uma vez gostaria de reconhecer o amor e o apoio que recebeu de sua família e amigos, que continuam sendo uma presença vital em seu contínuo tratamento mental saúde".

Miller esteve envolvido ainda em outras situações conturbadas em 2022, culminando em sua prisão no Havaí por duas vezes, em casos de agressão. Houve ainda acusações de assediar uma mulher na Alemanha, asfixiar outra na Islândia e abrigar uma mãe e três crianças (de 5, 4 e 1 ano) em sua fazenda em Vermont, onde havia várias armas.

Em agosto, Miller pediu desculpas por seu mau comportamento.

“Tendo passado recentemente por um período de intensa crise, agora entendo que estou sofrendo com problemas complexos de saúde mental e comecei um tratamento contínuo”, disse Miller na ocasião. “Quero pedir desculpas a todos que alarmei e incomodei com meu comportamento passado. Estou empenhado em fazer o trabalho necessário para voltar a uma fase saudável, segura e produtiva da minha vida”.

O primeiro filme baseado no super-herói Flash, do universo da DC Comics, “The Flash”, produzido pela Warner Bros., tem data de estreia nos cinemas prevista para 16 de junho.