Fábrica da J&J recebe autorização nos EUA em importante passo para vacinação

Michael Erman e Carl O'Donnell
·1 minuto de leitura
Vacinação contra Covid-19

Por Michael Erman e Carl O'Donnell

NOVA YORK (Reuters) - A fábrica no Estado norte-americano de Indiana onde a Catalent está ajudando a produzir a vacina da Johnson & Johnson contra a Covid-19 recebeu autorização regulatória nos Estados Unidos, afirmaram as empresas nesta terça-feira, permitindo que a farmacêutica despache milhões de doses.

A Casa Branca informou na terça-feira que 27 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 serão destinadas a Estados norte-americanos e outras localidades nesta semana, incluindo 4,4 milhões da Johnson.

A Johnson & Johnson usa as fabricantes Catalent e Emergent BioSolutions para aumentar a escala da produção e atingir as metas de fornecimento globais para sua vacina contra a Covid-19.

Catalent providencia o estágio final - chamado de preenchimento e finalização - enquanto a Emergent faz a substância do imunizante.

A Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) autorizou a vacina de dose única da Johnson em fevereiro, mas apenas para sua fabricação em uma unidade na Holanda, e para uma pequena unidade de preenchimento e finalização nos Estados Unidos.

Com aquela autorização, a empresa enviou cerca de 4 milhões de doses no início de março. Os envios caíram bruscamente desde então, enquanto a Johnson aguardava as autorizações adicionais.

A empresa havia prometido anteriormente que entregaria 20 milhões de doses de vacinas até o final de março.