Fórmula 1 confirma novo metodo de treino classificatório; entenda o 'sprint qualifying'

O Globo
·1 minuto de leitura

Alvo de discussões nos últimos meses, o sprint qualifying, um novo método de treino classificatório, teve sua estreia confirmada pela Fórmula 1 nesta segunda-feira. Na nova modalidade, pilotos disputarão uma corrida de 100 quilômetros para definir o grid de largada.

O novo método será testado em três finais de semana na atual temporada: dois em eventos na Europa e um em um evento fora do continente. No 'sprint qualifying', os três pilotos que largarem na frente receberão pontuação no Mundial: três pontos para quem fizer a pole, dois para quem largar em segundo e um para o terceiro.

No atual formato, o treino de sexta-feira é livre. Com o sprint qualifying em funcionamento, a sessão passará a definir o grid de largada para o classificatório de sábado. A metodologia foi aprovada por unanimidade entre as dez equipes que disputam a categoria.

— Estou satisfeito em ver que a Fórmula 1 está buscando novos métodos de engajar seus fãs e ampliar o espetáculo de um fim de semana de corrida por meio do sprint qualifying. Isso só foi possível graças à colaboração contínua entre a FIA, a Fómula 1 e as equipes — afirmou Jean Todt — presidente da FIA.

Matéria em atualização.