F1: Na Turquia, Hamilton faz volta mais rápida, mas largará na 11ª posição

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Lewis Hamilton fez a volta mais rápida nos treinos do GP de Istambul, na Turquia. Mas por ter trocado de motor, o inglês foi penalizado com a perda de dez posições e largará em 11º neste domingo. A pole ficou com o finlandês Valtteri Bottas, que largará na frente pela 18ª vez na carreira.

— A pista é absolutamente incrível. A equipe fez um ótimo trabalho nos ajudando a sair na hora certa. Veremos o que podemos fazer amanhã (após a penalidade de 10 posições no grid) e, com sorte, dar aos fãs uma corrida emocionante — contou Hamilton após o treino.

Completam as três primeiras posições do grid o holandês Max Verstappen, da Red Bull, largará na segunda posição; seguido de Charles Leclerc, da Ferrari. Quem também sofreu punição foi o espanhol Carlos Sainz, da Ferrari, que assim como Hamilton, trocou de motor. Ele terminou o treino na 15ª posição e largará em último.

— Sim, foi uma boa classificação. Condições nada fáceis, especialmente Q1 que foi no limite com a pista úmida. Por causa da punição ao Lewis, estou na pole, então isso deve ser bom — disse Bottas.

O GP da Turquia é a 16ª prova da temporada. A corrida será neste domingo às 9h (horário de Brasília).

Veja a ordem de largada:

1- Bottas
2- Verstappen
3- Leclerc
4- Gasly
5- Alonso
6- Perez
7- Norris
8- Stroll
9- Tsunoda
10- Vettel
11- Hamilton
12- Ocon
13- Russel
14- Schumacher
15- Ricciardo
16- Latifi
17- Giovinazzi
18- Raikkonen
19- Mazepin
20- Sainz

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos