Fã arremata ingresso de estreia de Michael Jordan na NBA por R$ 1,5 milhão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Michael Jordan
    Michael Jordan
    Basquetebolista estadunidense
Ingresso da estreia de Jordan foi arrematado por cerca de R$ 1,5 milhão. Foto: Streeter Lecka/Getty Images
Ingresso da estreia de Jordan foi arrematado por cerca de R$ 1,5 milhão. Foto: Streeter Lecka/Getty Images

Quanto você pagaria por um item raro de um grande ídolo do esporte? Nos Estados Unidos, um fã de basquete arrematou por U$S 264 mil (o equivalente a R$ 1,5 milhão) o canhoto do ingresso da partida de estreia de Michael Jordan na NBA.

O leilão foi feito pela Huggins & Scott Auctions e o jogo aconteceu em 26 de outubro de 1984 no já demolido Chicago Stadium. Mais de 13 mil pessoas estiveram presentes na partida que os Bulls derrotaram o Washington Bullets por 109 a 93.

Leia também:

O ingresso arrematado nesta sexta entrou para a história como o bilhete esportivo colecionável mais caro já vendido em todo o mundo. A marca anterior era de um comprador que arrematou o canhoto do ingresso do jogo 3 da World Series de 1903 por US$ 175 mil (R$ 998 mil).

Na partida de estreia de Jordan contra o Washington Bullets, o craque do basquete marcou 16 pontos, pegou seis rebotes e ainda deu sete assistências. Ele também conseguiu quatro tocos, o que fez desse jogo o terceiro melhor desempenho de um novato na abertura da temporada de um time em todos os tempos.

Também neste ano, outro item relacionado a Michael Jordan foi leiloado. Em setembro, o par de tênis usado por ele também no jogo de estreia foi arrematado por uma quantia maior: US$ 1,472 milhão (R$ 7,9 milhões), também batendo o recorde de calçado esportivo mais caro, que anteriormente também era de um calçado usado por Jordan.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos