Faceapp: como funciona o aplicativo que deixa você velho?

Kim Kardashian e Cristiano Ronaldo no Faceapp. Já fez o seu também? (Foto: Getty Images)

Faceapp é a nova mania da internet. Nos últimos dias, muitas pessoas postaram suas versões velhas nas redes sociais - e teve até celebridade que entrou na onda. Mas como funciona o aplicativo?

O que é o Faceapp

O aplicativo de inteligência artificial foi fundado em 2017 por uma pequena equipe em São Petesburgo, na Rússia.

Leia também

A ideia original era ajudar pessoas a escolher outros estilos e cores de cabelos, mas acabou ganhando novos filtros e virando uma febre recentemente com o envelhecimento.

Como o Faceapp deixa você velho?

Já parou para pensar como ele deixa suas feições tão realistas com idade avançada? Tudo trabalho de inteligência artificial.

A partir de uma rede neural - um tipo de sistema que trabalha muito parecido com o cérebro humano, ele compara seus traços e projeta a partir de um banco de dados que contém informações sobre envelhecimento.

"Desenvolvemos uma nova tecnologia que usa rede neural para modificar a face em uma foto, mas mantendo ela realista", explicou o CEO Yaroslav Goncharov ao TechCrunch.

O executivo afirma que, diferentemente de seus concorrentes, eles não tentam apresentar as fotos de forma mais engraçada, mas mantém uma realidade. “A foto que você faz o upload é a mesma que processamos e entregamos", afirmou.

O Faceapp rouba meus dados?

Poucas pessoas têm o hábito de ler os termos de privacidade de aplicativos e serviços - e isso pode comprometer, sim, seus dados.

No caso do Faceapp, eles admitem que podem usar o conteúdo e suas informações "com empresas que são legalmente parte do mesmo grupo que a companhia é".

"Nós também compartilhamos suas informações, como cookies, arquivos de log, identificadores de dispositivos e localização com parceiros que nos ajudam a fornecer o serviço a vocês, completa o documento.

Agora que você leu, fique sabendo: sim, eles usam seus dados. Para que? Aí é uma grande incógnita.

Polêmicas do Faceapp

Em 2017, o aplicativo tinha um filtro chamado "hot", que teoricamente deixava mais bonito. Os usuários perceberam, entretanto, que o app adicionava um brilho nas pessoas, deixando-as mais claras.

Após acusações de racismo, Goncharov pediu desculpas e modificou o nome do filtro para "spark” (recentemente, foi mudado novamente para "Hollywood).