Facebook é acusado de priorizar público-alvo em anúncios de emprego na rede social

.

Por Paresh Dave

OAKLAND, EUA (Reuters) - A Meta direcionou ilegalmente dezenas de anúncios de contratação de empresas de transporte rodoviário e outras áreas principalmente a pessoas de um gênero ou faixa etária, alegou um grupo de caminhoneiras em reclamação nos Estados Unidos nesta quinta-feira, citando os próprios dados da gigante da mídia social.

Em junho, a Meta disse que planejava introduzir um "sistema de redução de variação" em seus algoritmos para garantir que os anúncios de habitação e emprego alcançassem públicos diversos em termos de idade e gênero.

As novas alegações ressaltam os problemas que o planejado sistema da Meta prometeu combater. A empresa disse nesta quinta-feira que estava analisando a reclamação e não forneceu comentários imediatos sobre a acusação ou o status das mudanças idealizadas.

"O Facebook é um dos principais recursos para essas oportunidades de vida -- as consequências desse tipo de discriminação são de longo alcance", disse Mitra Ebadolahi, diretora sênior de projetos da Upturn, um grupo de advocacia que representa a entidade Mulheres Reais no Setor de Caminhões em sua acusação junto à agência governamental Comissão de Oportunidades Iguais de Emprego.

A reclamação da entidade lista cerca de 80 anúncios do arquivo público da Meta que mostram audiências distorcidas.

Em um exemplo, um empregador em busca de motoristas de caminhão na Carolina do Norte atingiu um público que era 5% feminino e 11% com 55 anos ou mais.

"As mulheres são 54% das pessoas no Facebook interessadas em procurar emprego. Pessoas com 55 anos ou mais são 28%", disse Peter Romer-Friedman, diretor do escritório de advocacia Gupta Wessler, representando o Mulheres Reais no Setor de Caminhões.

"Não há razão para que os anúncios de emprego sejam enviados para uma fração desses números rotineiramente", disse ele.

A acusação cita três anúncios para os quais a Meta permitiu que os anunciantes selecionassem públicos com restrição de idade, uma opção que prometeu bloquear para ofertas de emprego em 2019.

Se a Meta está lutando para identificar anúncios de emprego, também pode enfrentar dificuldades para aplicar as planejadas reduções de variação, disse Romer-Friedman.