Facebook desiste de criar aparelho que "lê a mente"; saiba o motivo

Ler mentes parece coisa de ficção científica, mas é um desejo de quase toda empresa que lida com inteligência artificial. A Neuralink, empresa de Elon Musk, é um dos expoentes do setor, mas o Facebook também não ficava para trás neste sentido. Contudo, a ideia da rede social precisou ser interrompida, ao menos por enquanto, e sem uma solução.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos