Explosão de gás em clínica no Chile deixa 3 mortos e 46 feridos

(Atualiza com novas informações).

Santiago (Chile), 21 abr (EFE).- Uma explosão de gás neste sábado em uma clínica na cidade de Concepción, no sul do Chile, deixou três mortos e 46 feridos, um deles em estado grave.

O prefeito de Concepción, Álvaro Ortiz, confirmou a veículos de imprensa locais o número de vítimas fatais na forte explosão no Sanatório Alemão da cidade, e explicou que os feridos foram levados para outros centros médicos.

Segundo as primeiras informações, no sábado pela manhã foi registrado um vazamento de gás na clínica que fez com fosse necessário esvaziar o edifício.

Funcionários da empresa fornecedora de gás revisaram as instalações, deram a emergência por superada e permitiram o retorno das pessoas, momento no qual aconteceu a explosão.

"Não me lembro de uma tragédia desta magnitude, é uma explosão de gás que, neste momento, deixou parte da infraestrutura a ponto de desabar, há outros espaços onde os vidros continuam caindo", afirmou o prefeito.

As imagens das emissoras de televisão mostram que a explosão causou graves danos materiais ao Sanatório Alemão e a edifícios próximos.

Alguns setores da clínica, um edifício de dez andares, ficaram completamente destruídos, entre eles uma cafeteria situada no primeiro piso.

O ministro da Saúde do Chile, Emilio Santelices, viajou para Concepción, que fica 500 quilômetros ao sul de Santiago, para monitorar pessoalmente a emergência.

O presidente Sebastián Piñera ofereceu através do Twitter suas condolências aos familiares das vítimas e garantiu que uma investigação já foi iniciada para determinar as responsabilidades do ocorrido. EFE