Falsa enfermeira usava coronavírus para dar golpes

Mulher tentava aplicar golpe usando coronavírus. Foto: Pixabay

A Polícia Civil do Estado de Goiás prendeu, na última quinta-feira (14), uma mulher que se passava por profissional da saúde que estaria na linha de frente no combate ao coronavírus para conseguir dinheiro de pessoas bem intencionadas e que queriam ajudar os que mais precisam neste momento.

Segundo informações da polícia, a prisão em flagrante foi feita pela Delegacia de Iporá, que ficou sabendo do caso de uma mulher que estaria se passando por funcionária do hospital municipal da cidade. No momento em que foi detida, ela estava no centro da cidade.

O modo de agir da suspeita era sempre o mesmo: ela ia de casa em casa pedindo dinheiro e dizendo que era enfermeira. Em outras vezes, ela dizia que apenas ajudava uma criança que tinha câncer, ou que tinha algum caso de coronavírus na família e que precisava do dinheiro para ajudar as pessoas que estavam doentes.

Leia também:

Em suas ações, a mulher citava nomes de profissionais da saúde do município que estão na linha de frente no combate ao coronavírus para ganhar a confiança das pessoas que abordava. Ela usava os nomes para dizer que estava ali a mando deles para pedir ajuda.

Depois de fazer a identificação da mulher que estava cometendo o crime, a polícia da região descobriu que a suspeita já tinha sido presa outras diversas vezes. Agora, a suspeita vai responder pelo crime de estelionato.