Falso: áudio defendendo golpe de Estado e com ofensas ao STF não foi gravado por Modesto Carvalhosa

·1 minuto de leitura
  • Gravação tem sido compartilhada nas redes sociais

  • Mensagem de voz acompanhada por foto de Modesto Carvalhosa propõe golpe de Estado

  • Jurista negou a autoria do áudio

Áudio de 13 minutos celebrando os atos com pautas antidemocráticas realizados no dia 7 de setembro tem sido compartilhado nas redes sociais. Na gravação, o autor defende o presidente Bolsonaro, faz ofensas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e propõe um golpe de Estado. A mensagem que circula pelo WhatsApp vem acompanhada da foto do advogado Modesto Carvalhosa e a autoria da mensagem de voz é atribuída a ele.

Modesto Carvalhosa não gravou áudio com ofensas ao STF e defendendo golpe de estado (Foto: WhatsApp/Reprodução)
Modesto Carvalhosa não gravou áudio com ofensas ao STF e defendendo golpe de estado (Foto: WhatsApp/Reprodução)

Leia também:

A mensagem é falsa. O áudio não foi feito pelo jurista e em seus perfis no Twitter e Facebook, o professor aposentado da Universidade de São Paulo (USP) negou que tenha feito a gravação: “não sou o autor dessa sórdida fraude. Sempre defendi e defenderei o Estado Democrático de Direito”, afirmou.

Na semana passada, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilharam peças de desinformação comemorando a suposta promulgação do Estado de Sítio. Contudo, a lei não foi executada. O Yahoo! Notícias verificou esse conteúdo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos