Falso: Black Eyed Peas, Katy Perry e Snoop Dogg não declararam apoio a Bolsonaro em shows

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Vídeos contextualizados circulam pelo TikTok

  • Não há registro de declarações dos artistas apoiando o presidente Jair Bolsonaro

  • Em 2018, a banda The Black Eyed Peas aderiu à campanha #EleNão

Vídeos compartilhados por usuários no TikTok mostram trechos de shows antigos da banda The Black Eyed Peas, da cantora Katy Perry, do cantor Justin Timberlake e do rapper Snoop Dogg no Brasil. Os posts alegam de forma enganosa que os artistas teriam declarado apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante as apresentações. Para reforçar o argumento, foram extraídos trechos dos shows em que os cantores vestem a bandeira do Brasil e símbolos nacionais, mas a alegação é enganosa.

Leia também:

As peças de desinformação exploram as apresentações antigas no momento em que os artistas expressam simpatia e carinho aos fãs brasileiros. Em nenhum momento há qualquer menção ou apoio político a Bolsonaro. A maioria dos registros foram feitos antes da disputa eleitoral de 2018 que elegeu Bolsonaro como presidente.

Vídeos que circulam no TikTok descontextualizam apresentações antigas dos artistas no Brasil (Foto: TikTok/Reprodução)
Vídeos que circulam no TikTok descontextualizam apresentações antigas dos artistas no Brasil (Foto: TikTok/Reprodução)

Ao contrário do que sugere um dos vídeos, a cantora Katy Perry não pediu para o “povo brasileiro continuar com Bolsonaro”. A gravação foi feita no Rock in Rio em 2011, portanto, anterior às eleições. A cantora assinou uma carta junto com outros artistas endereçada ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pedindo que ele não fechasse acordos ambientais com o Brasil. Caetano Veloso, Joaquin Phoenix, Gilberto Gil, Leonardo DiCaprio, Marisa Monte e Wagner Moura também são signatários do documento que faz críticas à política ambiental do governo Bolsonaro.

Imagens registradas em 2011 durante um show do rapper Snoop Dogg no Rio de Janeiro também foram tiradas de contexto em um vídeo compartilhado no TikTok. “Snoop Dogg também está com o mito”, diz a legenda enganosa. No registro, o rapper não faz nenhuma menção política e não há registro de que ele tenha feito qualquer declaração em apoio ao atual presidente brasileiro.

Um outro vídeo gravado em 2019 durante a passagem da banda The Black Eyed Peas no Rock in Rio, o vocalista Will.i.am menciona uma série de coisas que ama no Brasil, como caipirinha, feijoada e samba. A postagem diz que entre os itens mencionados, está “Bolsonaro”. Mas, o cantor diz “Bossa Nova”. Na ocasião, o público se confundiu e entendeu que o cantor teria citado o nome do mandatário brasileiro, gerando protestos na plateia.

Em 2018, a banda se manifestou contra o então candidato à presidência, Jair Bolsonaro, e aderiu à campanha #EleNão. “BRASIL, estamos com vocês nessa luta! Muito amor, diversidade e respeito ? #ELENÃO #BIGLOVE”, declarou o trio formado por Will.i.am, Apl.de.ap e Taboo. Posteriormente, a publicação foi excluída da página da banda.

Conteúdo semelhante também foi verificado pelo Fato ou Fake.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos