Falso: Marco Aurélio Mello não é autor de texto que acusa membros do STF

·1 min de leitura
Falso: Marco Aurélio Mello não é autor de texto que acusa membros do STF
  • Desinformação circula em aplicativos de mensagens

  • Não há registro de que o Marco Aurélio Mello tenho dado tal declaração

  • O decano negou a autoria do texto

Circula pelas redes sociais uma mensagem atribuída ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello. O texto defende a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ataca a corte. Contudo, não existem registros de que o decano tenha feito tal declaração.

O texto faz críticas à Justiça brasileira e para dar veracidade à afirmação menciona um comentário dito pelo ministro durante entrevista ao jornal GaúchaZH em agosto de 2020. “Como já disse em sessão, do caso Abin, o Supremo está sendo utilizado pelos partidos de oposição para fustigar o governo. Isso não é sadio. Não sei qual será o limite”, declarou na ocasião, referindo-se à uma decisão do Supremo sobre os limites da atuação da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) no compartilhamento de informações com outros órgãos.

A mensagem falsa ainda mistura diversos assuntos e diz que Bolsonaro nunca “prendeu jornalistas” ou fez qualquer pressão na área econômica para fins eleitorais e propõe a cassação dos ministros do STF como “solução” antidemocrática.

Em setembro deste ano, o mandatário brasileiro fez ameaças golpistas ao Supremo. A reportagem do Yahoo! Notícias verificou peças de desinformação que circulavam à época nas redes sociais.

O conteúdo também foi verificado pelo Estadão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos