"Falso médico" é preso após morte de paciente durante exame no Pará

·1 min de leitura
Leandro é acusado de três crimes - Foto: Reprodução/Facebook
Leandro é acusado de três crimes - Foto: Reprodução/Facebook
  • Leandro Augusto Alves Oliveira foi preso na última terça-feira

  • Ele foi detido momento após a morte de um de seus pacientes durante ume endoscopia

  • O suspeito teria falsificado um diploma de medicina

Um homem foi preso em flagrante na última terça-feira (25) por exercício ilegal da medicina, após a morte de um paciente durante a realização de um exame na cidade de Marabá, no Pará. As informações são do UOL.

Leandro Augusto Alves Oliveira, de 37 anos, vinha sendo investigado desde setembro do ano passado, mas foi detido apenas no início dessa semana, quando um de seus pacientes morreu durante a realização de uma endoscopia.

A suspeita é de que o acusado sequer tenha concluído o curso de medicina, falsificando um diploma para exercer a profissão.

Na manhã de terça, policiais civis estavam na clínica onde Leandro trabalhava, abordando pessoas atendidas pelo suspeito como parte da investigação. Em certo momento, perceberam um tumulto e foram alertados de que um paciente do rapaz havia morrido durante o exame.

Leandro foi imediatamente detido. O Tribunal de Justiça do Pará converteu sua prisão em preventiva e o encaminhou a uma penitenciária local, sob acusações de homicídio com dolo eventual, exercício ilegal da profissão e falsidade ideológica.

Defesa nega crimes

Advogado de Leandro, Diego Adriano Freires explicou que busca revogar a prisão do cliente para que ele responda em liberdade e negou que qualquer crime tenha sido cometido.

“Não há, juridicamente, qualquer possibilidade de imputação de dolo eventual" na morte do paciente, afirmou. “Já em relação ao exercício Ilegal da profissão, a defesa junta documentos importantes que comprovam a legalidade do Exercício, assim como nega qualquer ocorrência de falsidade ideológica.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos