Falta de caráter é a marca de Renan, diz Bolsonaro em dia de depoimento de Osmar Terra

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 15.06.2021 - Presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia de assinatura do acordo de cooperação brasileira com o projeto Artemis, da Nasa. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 15.06.2021 - Presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia de assinatura do acordo de cooperação brasileira com o projeto Artemis, da Nasa. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - No dia em que a CPI da Covid ouve o deputado Osmar Terra (MDB-RS), o presidente Jair Bolsonaro criticou nas redes sociais o relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL). O mandatário compartilhou imagens do senador e de seu filho, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), juntos em atos políticos e disse que a "falta de caráter é a marca" do relator.

"Renan pai e filho fazendo aglomeração do bem. A falta de caráter é a marca do relator da CPI", escreveu Bolsonaro.

A CPI da Covid ouve nesta terça Terra, apontado como um dos integrantes do gabinete paralelo de aconselhamento ao presidente Bolsonaro fora da estrutura do Ministério da Saúde.

Como mostrou a Folha, documentos do Planalto entregues à CPI indicam ao menos 11 registros de reuniões com a presença de Terra para tratar de estratégias do governo no combate da pandemia, entre 4 de fevereiro de 2020 e 30 de março deste ano.

Médico e ex-ministro da Cidadania, Terra se transformou em um dos principais conselheiros do presidente em temas relacionados à Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos