Falta de oxigênio em ambulatório da Grande SP causa morte de três pacientes

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO — Três pacientes morreram após faltar oxigênio no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Santo André, na Grande São Paulo, na manhã desta terça-feira.

As vítimas, segundo o "G1", são uma mulher de 80 anos e dois homens de 41 anos. A diretoria-geral do ambulatório afirmou que o problema ocorreu após uma pane no fornecimento de oxigênio desses pacientes.

A unidade é admistrada pelo estado de São Paulo em parceria com a organização social Fundação ABC. A secretaria estadual de Saúde informou que determinou a abertura de uma sindicância no estabelecimento para apurar as mortes.

"A pasta estadual também determinou que a Fundação ABC afaste temporariamente todos os eventuais responsáveis até que os fatos sejam apurados", informou em nota.

Também segundo a secretaria, a usina de oxigência passou por manutenção e o serviço foi restabelecido.