Família é presa em flagrante por usar cartões clonados para pagar gastos de R$ 8 mil em pousada na Zona Sul do Rio

·1 min de leitura

Seis pessoas de uma mesma família foram presas em flagrante nessa quinta-feira suspeitas de usarem cartões de créditos clonados para pagarem as despesas com hospedagem e bebidas em uma pousada na Gávea, Zona sul do Rio. Entre os detidos pela 15ª DP (Gávea) estão um homem, seus três filhos, seu genro e nora, além de outro casal. Todos foram autuados pelos crimes de estelionato e associação criminosa.

A prisão foi feita após a Polícia Civil ter recebido denúncias do gerente do estabelecimento de que os hóspedes estavam usando cartões no nome de terceiras pessoas. O homem procurou a delegacia após um dos cartões ter sido recusado, nessa quinta-feira, quando os estelionatários tentaram passá-lo na pousada. A dona do cartão usado entrou em contato com o estabelecimento e afirmou que não tinha dado consentimento para seu uso pelo grupo.

Durante a abordagem dos policiais civis, o grupo foi encontrado com diversos cartões e não soube explicar a origem dos mesmos. Foram presos Lorran Barbosa Machado, Lucas Caique Santos Nascimento, ALexandre Rosa de Santana, Moises Barbosa MAchado, Marcio Eduardo Figueira Vilella, Marcos Alves Machado, Raquel Gonçalves da Costa Silva e Lorrana Barbosa Machado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos