Família de adolescente do DF agredido por conta de assobio faz vaquinha para ajudar em tratamento

Brasília — A família do adolescente de 14 anos espancado em uma quadra esportiva de um condomínio no Distrito Federal criou uma “vaquinha” virtual para ajudar no tratamento do garoto, que sofre de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). Segundo testemunhas, o agressor, Victor de Sales, teria se irritado com um assobio que Thiago reproduzia frequentemente para que a mãe abrisse a porta de casa e agrediu o jovem com chutes, mesmo com o ele caído ao chão e com pessoas ao redor pedindo para que ele parasse.

“[...] a família precisa comprar medicamentos e mantimentos básicos, fazer tratamentos neurológicos, psiquiátricos e psicológicos e, principalmente, precisa se mudar do local onde vivem atualmente, já que fica arriscado manter Thiago e sua família sujeitos ao risco de sofrerem mais agressões. Contamos com a ajuda e solidariedade de todos”, diz a publicação da vaquinha, que tem a meta de arrecadar R$ 20 mil.

À polícia, Thiago disse que Victor sempre implicava com ele e que já tinha dito "não ir com a cara" dele. Nas imagens, é possível observar que o homem, muito maior e mais velho que o garoto, continuou dando pontapés mesmo com o ele caído ao chão e com pessoas ao redor gritando desesperadamente para que ele parasse.

A tendência é de que Victor responda pelos crimes de ameaça, injúria e lesão corporal. Segundo o delegado, a princípio, ele pode ter que cumprir pena até 2 anos de cadeia pelos crimes contra o vizinho.

“Thiago foi brutalmente agredido por Vitor de Sales dia 23/04/2022, em quadra no Núcleo Bandeirante. A vítima sofre de TDAH, conforme será comprovado por exames e laudos médicos, e incomodou o agressor, segundo relatos, por assoviar. [...] A defesa adequada será necessária a realização de exames comprobatórios do estado de saúde de Thiago após a agressão de Vitor, senão a justiça se limitará a condená-lo em agressão leve, incompatível com a realidade”, diz a nota da família, com o pedido de arrecadação de fundos para o tratamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos