Família inteira é encontrada morta na Austrália

Entre as vítimas, estava Katrina Miles, de 35, e seus quatro filhos, encontrados em uma propeiedade rural em Osmington, perto da conhecida região vitícola de Margaret River, no oeste da Austrália (AFP/Arquivos)

As sete pessoas encontradas mortas em uma propriedade rural perto de Margaret River, na Austrália, são de três gerações de uma mesma família - anunciou a Polícia neste sábado (12), um dia depois da descoberta de um dos piores assassinatos no país em 22 anos.

Entre as vítimas - confirmou o delegado Chris Dawson -, estava Katrina Miles, de 35 anos, e seus quatro filhos (de 8 a 13 anos de idade). Seus corpos estavam em um abrigo de uma propriedade rural em Osmington, perto da conhecida região vitícola de Margaret River, no oeste da Austrália.

As outras duas vítimas são os pais de Katrina Miles, Cynda Miles, de 58, cujo corpo foi encontrado na casa principal, e Peter Miles (61), que foi localizado do lado de fora.

A Polícia também descobriu três armas de fogo com permissões em nome de Peter Miles, acrescentou o delegado.

Segundo ele, é muito cedo para identificar qual membro da família está por trás dos assassinatos.

"A Polícia não acredita que outras pessoas estejam envolvidas nesse assassinato", afirmou, acrescentando que "não estamos buscando outros suspeitos".

Osmington, ao sul de Perth, é um destino turístico apreciado por seu vinho, surfe e beleza de suas paisagens.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos