Milicianos sírios pró-governo morrem em suposto ataque israelense

Cairo, 23 abr (EFE).- Pelo menos três milicianos pró-governo sírios morreram neste domingo em um suposto ataque israelense contra um quartel situado na província síria de Al Quneitra, na fronteira com a região das Colinas de Golã, ocupadas por Israel, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Ainda não se sabe se o ataque foi realizado com fogo de artilharia ou se se trata de um bombardeio, segundo a ONG.

As vítimas pertencem às Forças de Defesa Nacional, uma milícia síria leal ao presidente Bachar al Assad, segundo o Observatório, que não descartou que o número de mortos aumente.

Os meios de comunicação oficiais sírios não confirmaram este ataque.

E em Jerusalém, o Exército israelense, ao ser questionado pela Agência Efe, não quis fazer fazer comentários sobre o fato. EFE