Sony fará filme sobre "El Chapo" e quer Michael Bay no projeto

Los Angeles (EUA.), 28 mar (EFE).- O estúdio Sony Pictures adquiriu os direitos de um livro sobre o narcotraficante mexicano Joaquín Guzmán Loera, conhecido como "El Chapo", sobre o qual produzirá um filme e já negocia com o diretor Michael Bay, informou nesta terça-feira a edição digital da revista "Variety".

O livro em questão é "Hunting El Chapo: The Thrilling Inside Story of the American Lawman Who Captures the World's Most-Wanted Drug Lorde", que narra a operação de busca e captura do traficante mexicano.

A obra, escrita por Cole Merrell e Douglas Century, será lançada em outubro.

Sony e Bay estão em negociações para que o cineasta tome a frente da adaptação cinematográfica, embora por enquanto não se saiba se será como diretor ou como produtor.

Trata-se do segundo projeto atualmente em curso nos grandes estúdios de Hollywood sobre a figura de "El Chapo", já que a Fox desenvolve o filme "The Cartel", baseado na obra de Don Winslow e com Ridley Scott como diretor.

Em janeiro do ano passado, a revista americana "Rolling Stone" divulgou uma entrevista que "El Chapo" Guzmán concedeu a Sean Penn quando ainda estava foragido.

O ator e o narcotraficante tiveram um encontro pessoal em outubro de 2015, no México, junto com a atriz mexicana Kate del Castillo.

As autoridades mexicanas mencionaram que o desejo de Guzmán de ter sua vida contada no cinema foi uma das causas de sua captura. Previamente, Guzmán tinha sido detido duas vezes no México e em as ambas ocasiões fugiu da prisão.

O governo do México extraditou Guzmán no último dia do governo de Barack Obama, em 19 de janeiro, após um tribunal rejeitar duas apelações da defesa para evitar sua entrega aos Estados Unidos, onde enfrenta várias acusações. EFE