Família de Prince entra em acordo para divisão de patrimônio avaliado em US$ 156 milhões

Após seis anos de conflito, a família do cantor Prince entrou em acordo para a divisão de um patrimônio avaliado em US$ 156 milhões.

Prince: sua herança é uma bagunça e o legado, incerto

'Blonde': espólio de Marilyn Monroe defende sotaque cubano de Ana de Armas

A estrela da música faleceu em abril de 2016, aos 57 anos, após sofrer uma overdose acidental de opioides. Ele não deixou esposa ou filhos, então seu patrimônio foi para seus seis irmãos, que não conseguiram traçar um plano para divisão do espólio. A disputa acabou na justiça.

Em agosto do ano passado, três dos herdeiros venderam suas fatias de herança para uma companhia chamado Primary Wave. Os outros três mantiveram seus direitos.

Juliano Cazarré: ator faz sucesso com quentinhas 'sem gourmetização' em bastidor de 'Pantanal'

O acordo para a divisão do patrimônio de US$ 156 milhões foi fechado em janeiro, mas só agora aprovado pela justiça americana. Os herdeiros e a Primary Wave irão dividir US$ 6 milhões em dinheiro, além de valor bem superior em direitos autorais e outros bens.

"Prince era uma estrela icônica e essa transferência para fora da jurisdição do tribunal coloca em prática uma gestão profissional e qualificada. Quando anunciamos nossa aquisição das participações adicionais de expectativa na propriedade no ano passado, elevando nossa participação acionária para 50%, nosso objetivo era proteger e aumentar o legado incomparável de Prince. Com a distribuição dos ativos imobiliários, esperamos uma relação de trabalho forte e produtiva", destacou comunicado da Primary Wave.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos