Família real monta 'sala de guerra' para lidar com escândalos do livro do príncipe Harry

A família real já vinha preparando um plano para lidar com os escândalos revelados pelo príncipe Harry em sua mais nova autobiografia, "Spare". Uma espécie de "sala de guerra" até chegou a ser criada para discutir o assunto e tratar qualquer possível consequência, de acordo com fontes ouvidas pelo Page Six.

A equipe de alto escalão discutiu a situação em Sandringham Estate, onde a família real se reuniu para comemorar seu primeiro Natal sem a rainha Elizabeth.

Pessoas ligadas à realeza disseram que o plano foi traçado não só para lidar com as revelações bombásticas esperadas no livro de Harry, mas também em sua conversa com Anderson Cooper no CBS “60 Minutes” neste domingo, que será rapidamente seguido por uma entrevista na ITV, “Bom Morning America” e “The Late Show” com Stephen Colbert.

A realeza e sua equipe quebraram a cabeça para prever todas as histórias possíveis que Harry incluiria em sua obra, e disseram estar bem cientes de que ele contaria sobre a briga com William, onde ele afirma que seu irmão o derrubou em uma tigela de cachorro. durante uma briga por Meghan Markle.