Família sepulta parente e ele reaparece vivo meses depois

Pixabay

Um lavrador dado como morto, velado e enterrado reapareceu vivo em Vale do Rio Doce, interior de Minas Gerais. As informações são do R7.

Silvio Vitor da Mota, de 48 anos, saiu para trabalhar numa lavoura de café no Espírito Santo, há três meses, sem avisar à família. Sem notícias do lavrador, parentes procuraram a polícia e registraram o desaparecimento.

No início do mês, familiares foram informados que ele havia sido atropelado e que o corpo estava no IML de Colatina (ES).

Uma irmã de Silvio foi ao local e reconheceu o corpo como sendo dele. No entanto, Silvio apareceu vivo na cidade onde morava. Ele contou aos amigos que, por acaso, encontrou um conhecido na lavoura e que ele lhe contou da suposta morte, do velório e do enterro.

Silvio, então, retornou às pressas para sua cidade para desfazer o mal entendido. A polícia tenta agora saber quem é o homem que foi enterrado e velado.