Familiares ainda não conversaram com cantor Conrado sobre morte de Aleksandro

O cantor Conrado, dupla de Aleksandro, segue em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Regional de Registro, em São Paulo. O sertanejo chegou ao local, no último sábado (7), aparentemente bem, falando e perguntando para médicos e enfermeiros sobre a situação de seus colegas, vítimas de um acidente de ônibus na rodovia Régis Bittencourt. De acordo com apuração do GLOBO, familiares de Conrado — alcunha artística adotada por João Vitor Soares desde 2019 — não conseguiram conversar com ele, no entanto, sobre a morte de Aleksandro e outras cinco pessoas da equipe.

Desde sábado, Conrado está sob efeito de sedativos. Ele foi submetido a cirurgias para controle de sangramento e correção de uma fratura na bacia. Um novo boletim médico com atualizações sobre o quadro de saúde, considerado estável, deve ser liberado às 16h desta segunda-feira (9).

Outro passageiro do ônibus que sofreu o acidente, Julio Cesar Bigoli Lopes também está internado no mesmo hospital. Músico e membro da equipe da dupla Conrado & Aleksandro, ele foi submetido a tratamento cirúrgico para fraturas no crânio e nos membros inferiores, e também se encontra em estado grave.

Emoção em velório

O velório do cantor Aleksandro reuniu, no último domingo (8), familiares e fãs em Londrina, sua cidade natal, no Paraná. Vários amigos e fãs foram até o local para se despedir do cantor. No ginásio também foi velado o corpo do road manager da banda, Giovani Gabriel. Segundo informações do jornal "Diário de Londrina", era a primeira viagem dele com a dupla.

Aleksandro se lançou musicalmente quando tinha entre 14 e 15 anos. Nesse período, criou a dupla sertaneja com o amigo Conrado Bueno. Os dois, que foram criados na cidade de Dourados (MS), costumavam se apresentar em bares e restaurantes do Mato Grosso do Sul, além de eventos voltados para o mercado sertanejo.

Em 2019, após celebrar 15 anos de carreira, a dupla anunciou uma nova formação. Conrado Bueno deixou a parceria com o amigo para lançar trabalhos como cantor solo. A dupla, que se projetou nacionalmente após gravar uma canção com Luan Santana, fazia, naquela época, uma média de 15 shows por mês.

Mesmo com a baixa, a dupla Conrado & Aleksandro continuou na ativa. E com o mesmíssimo nome. O cantor João Vitor Soares substituiu o colega e assumiu a persona Conrado, para manter a velha identidade da dupla sertaneja, já consolidada entre os fãs.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos