Familiares e amigos pedem orações para a saúde da atriz Claudia Rodrigues, internada em CTI

Claudia Rodrigues (Foto: Reprodução / Instagram)

O estado de saúde da atriz Claudia Rodrigues, de 47 anos, internada no CTI da Clínica São Vicente, no Rio, preocupa amigos e familiares. No Facebook, na manhã deste sábado (23), uma postagem assinada pela empresária da humorista, Adriane Bonato, pede uma corrente de orações, marcada para às 18h.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

“Queridos fãs, amigos, colegas de profissão, familiares, médicos, imprensa, políticos, enfim todos… Peço ajuda de vocês para compartilhar este post da corrente de oração para Claudia Rodrigues, hoje, sábado, às 18h. Peço a você, seus amigos e familiares que participem dessa corrente de oração pela recuperação da comediante Claudia Rodrigues hoje às 18:00 vamos parar e rezar um pai-nosso para que ela volte pra nós. Obrigada,que Deus abençoe todos vocês”, disse a mensagem.

Em entrevista ao programa da Sonia Abrão, na RedeTV!, a empresária da atriz também pediu orações aos fãs, sem dar detalhes do que ocorreu com Claudia. “Infelizmente não tenho condições de falar ao vivo. Eu queria pedir a todas pessoas que tiverem me ouvindo agora que orem pela Claudia, orem pela recuperação dela. Ela é guerreira e vai sair dela”, disse Adriane.

Claudia sofre de esclerose múltipla, uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso central. As células de defesa do organismo passam a atacar os neurônios, podendo provocar diferentes tipos de lesões. Na quarta-feira (20), Adriane também conversou com a ‘QUEM’ e falou que a atriz não está nada bem: “Não reconhece nem a filha. Está sem força e não fica em pé, nem anda.”

Leia Mais: Carol Castro e Felipe Prazeres se separam após três anos de relacionamento

Em 2017, a atriz passou por um tratamento com célula-tronco, que visava “reiniciar” seu sistema imunológico. Entre os efeitos colaterais do tratamento está a baixa imunidade, deixando o organismo debilitado, suscetível a infecções graves e hemorragias. Por outro lado, esta opção de intervenção pode melhorar os movimentos motores e ajudar na fala, quando comprometida.

Assista a seguir: