Familiares pegam suspeito de matar ex-mulher a caminho de velório de vítima

Reprodução/Facebook

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na manhã desta terça-feira (20) o suspeito de matar a ex-mulher a facadas em Vicente de Carvalho, zona norte da cidade, na noite de domingo (18). Segundo o portal G1, Vanclécio Cordeiro, de 28 anos, foi detido no bairro Colégio por familiares de Fernanda Siqueira, 29 anos, que se encaminhavam ao velório da vítima.

Um dos primos de Fernanda relatou ao portal ter visto o suspeito caminhando “tranquilamente” na rua. Ao reconhecerem o homem, os parentes o perseguiram e o detiveram até a chegada da polícia. Segundo agentes da Delegacia de Homicídios (DH), Vanclécio confirmou o assassinato durante a prisão.

“Eu, meu irmão e meu filho o avistamos andando na rua tranquilamente, como se nada tivesse acontecido. Nós paramos o carro e saímos correndo atrás dele. Quando eu cheguei, ele estava escondido embaixo de um carro. Chamei a polícia”, contou Orlando Nunes, primo de Fernanda. “A primeira pergunta que ele fez foi: ‘Como ela está? Eu não queria fazer isso, como é que ela está?’. É um conforto para família saber que ele está preso e que agora a justiça vai ser feita”, acrescentou.

De acordo com o jornal Extra, Fernanda estava na porta do prédio onde morava com Vanclécio para devolver a chave do imóvel quando o rapaz a esfaqueou no pescoço. A mulher chegou a ser socorrida por vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

Segundo amigos e familiares de Fernanda, o ex-companheiro não aceitava o fim do relacionamento do casal, que havia se separado há cerca de três meses. Na tarde desta segunda (19), a polícia pediu a prisão temporária de Vanclécio.

O corpo da vítima está sendo velado na manhã desta terça no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio.