Famoso bufê de São Paulo fecha e deixa dezenas de clientes sem festa

·5 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Imagine descobrir por meio de uma publicação em rede social, nove dias antes do seu casamento, que o bufê onde seria realizado o evento anunciou o encerramento de suas atividades? Foi isso que aconteceu com os noivos Fernanda Rebouças e Rafael Resende.

O casal de contadores está dentro da lista de dezenas de clientes que foram surpreendidos pelo fechamento de um dos mais tradicionais espaços do tipo em São Paulo, o Buffet Colonial.

A casa de eventos que funcionava desde 1968 em uma mansão em Indianópolis, na zona sul da capital paulista, pegou clientes e funcionários de surpresa com a notícia divulgada na quinta-feira (14).

Na nota oficial, os administradores da empresa afirmam que os prejuízos gerados durante a paralisação do setor por causa da pandemia de coronavírus levaram ao fechamento. "Devido aos problemas enfrentados até aqui, o Buffet Colonial encerra as suas atividades a partir desta quinta-feira, 14 de abril de 2022", traz o texto.

Através da assessoria de imprensa, o Buffet Colonial afirmou à reportagem que "a comunicação aconteceu e vem acontecendo diretamente com cada um dos clientes. Via email, todos foram avisados entre sexta-feira (15) e sábado (16). Via telefonema, o processo se iniciou ainda na sexta-feira e será terminado ainda hoje".

Além disso, a empresa diz que já concretizou alguns reembolsos e que está trabalhando para resolver a situação o mais rápido possível, mas que, ainda não consegue dar um prazo para todos os afetados.

Para os clientes, faltou transparência. "Eu fiquei sabendo algumas horas antes de soltarem o comunicado porque a minha assessora do casamento me ligou e falou que tinha escutado esse boato. Num primeiro momento, eu nem acreditei, mas aí entrei em contato com a vendedora com quem fechei o contrato da festa e ela disse que era verdade. Outra noiva que também estava com festa marcada lá confirmou", conta Fernanda, 34.

"Eu fiquei sem chão até porque que tenho parentes vindo do Rio de Janeiro, de Brasília, não tem como desmarcar agora. Estão todos com passagem marcada, hotel reservado, e já tinha tido remarcação por conta da pandemia, então não podia fazer com que eles passassem por tudo isso de novo", diz ela.

Apesar do Colonial afirmar que fará o possível para encontrar a melhor solução, clientes dizem que não conseguem mais falar com os responsáveis pela empresa e apenas recebem por email mensagens genéricas e sem previsão para reembolso.

Fernanda diz que passou o feriado de Páscoa tendo que achar um lugar às pressas para realizar o casamento, No fim, conseguiu, mas gastará o dobro do que tinha previsto. "Assumimos mais uma dívida. A decoração e DJ tínhamos fechado por fora, então vamos conseguir utilizar no outro espaço, mas foi uma sorte", comemora Fernanda.

Uma outra cliente, que pediu para não ter o nome revelado, diz que ela e o marido tinham dois eventos marcados no Buffet Colonial: o aniversário de um ano do filho mais novo, que seria realizado em maio, e a comemoração de dez anos de casamento, em outubro.

Ela diz acreditar que ter sido vítima de um golpe, já que visitou o local na sexta-feira (8) para fazer uma degustação. Segundo ela, estava funcionando normalmente. Por seus cálculos, já tinha gasto cerca de R$ 30 mil com o aniversário do filho e a primeira parcela da festa que aconteceria em outubro.

Assim como Fernanda, ela afirma ter recebido apenas comunicações genéricas por parte do bufê, sem previsão para recebimento do valor gasto.

Os advogados Karla Rosseto, 32, e Thiago Ortega, 29, também tiveram sua festa de casamento cancelada com o fechamento do bufê e ajudaram a organizar um grupo em um aplicativo de mensagem com outras pessoas afetadas -até agora, ele já reúne mais de 100 pessoas.

Karla diz que chegou a ir pessoalmente à sede do bufê, tudo que conseguiu foi uma cópia impressa do comunicado postado nas redes sociais da empresa. "Eu e meu noivo fizemos um boletim de ocorrência e decidimos entrar com uma ação para ver se conseguimos bloquear o valor que pagamos. Futuramente também devemos entrar junto com os outros afetados com uma ação por danos morais", afirma.

O prejuízo da advogada e do noivo é de R$ 52 mil, já que eles contrataram o serviço completo. "Eles vendiam uma linda imagem para a gente. Diziam que eram um bufê tradicional, com mais de 50 anos no mercado e de repente todo mundo some. Um lugar que casou artistas, que sempre se gabou disso, desaparece com o dinheiro do pessoal", diz Karla.

Os funcionários do Buffet Colonial afirmam que também não sabiam da situação, afirma a produtora de eventos Vilma Nogueira Fortuna, 53, que trabalhava na empresa há oito meses.

"Vi que ocorrerem alguns atrasos a fornecedores, alguns atrasos de salário, mas não achei que fosse algo preocupante, até porque logo a situação era resolvida. Nosso setor sofreu muito com a pandemia, foram dois anos sem trabalhar, então tudo era compreensível", conta

Ela diz que o local funcionou normalmente até domingo (10) e que os funcionários foram avisados que só deveriam retornar ao trabalho na quinta-feira (14) porque o ambiente passaria por uma manutenção elétrica entre segunda (11) e quarta (13).

"Quando foi na quinta às 10h, eles me ligaram e disseram 'olha Vilma, tenho uma notícia chata para te dar, mas não tenho outra forma. O Buffet encerrou as atividades, não vai mais honrar com nenhum dos seus clientes e você tem até às 16h para retirar suas coisas'", diz ela.

Segundo Vilma, naquele mesmo dia os funcionários foram reunidos no Buffet e uma carta foi lida anunciando o encerramento das atividades.

Questionado sobre a situação dos funcionários, o Buffet Colonial disse, por meio de sua assessoria, que "está em dia com seus funcionários, já que pagou o salário deste mês, concedeu o aviso prévio e agora está finalizando o procedimento de liberação do fundo de garantia e seguro desemprego, esclarecendo que as verbas rescisórias podem ser pagas em até 10 dias após demissão".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos