Famosos traduzem o sentimento pelo Brasil: “Raiva e impotência”, diz Ruy Barbosa

Marina Ruy Barbosa, Anitta e Letícia Colin foram alguns dos famosos que externaram o sentimento de tristeza do país (reprodução / instagram @marinaruybarbosa @anitta @leticiacolin)

Há pouco mais de seis semanas estamos lutando de forma mais árdua e combatente contra a pandemia do novo coronavírus e com a luta, as tristezas. Já somamos mais de 9 mil queridas pessoas mortas e o número só sobe, mais rápido a cada dia.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentáriosEm nossas casas tendemos, muitas vezes, a ficar mais cabisbaixos ou tristes com as notícias que vemos na TV, no rádio ou na internet a todo momento e muitos famosos têm traduzido essa sensação em publicações nas redes sociais.

 Leia também

Marina Ruy Barbosa

Não consigo mais assistir os noticiários sem chorar. Tá impossível. A gente tá vivendo uma guerra. Real. Vai todo mundo precisar cuidar da saúde mental durante e pós pandemia. Como vai ser? O número de pessoas com depressão, ataques de ansiedade/pânico? Pessoas cometendo suicídio? Como vai ser com quem não pode pagar uma terapia?! Quem não tem acesso a esse tipo de profissional?

Por favor gente, eu imploro. Não saiam de casa. Quem puder fica! Tem coisas que podem esperar. A tua vida não. Sejam responsáveis pelo amor de Deus. Tem muita gente que não tá levando a sério. Tem muita gente saindo de casa à toa, pra encontrar os amigos por nada. Não faz isso. Depois de tudo passar aí sim você vai poder encontrar os amigos com calma pra tomar drink, fazer churrasco, pagode... o que for.

Quantos vão precisar morrer? Pra que as pessoas tomem consciência do quanto isso é sério. Tô com um misto de revolta, angústia, raiva e impotência.

Anitta

“Por mais que a senhora não tenha medo do coronavírus, não deveria trabalhar também para os que têm e levam a situação à sério? Só governa para quem pensa igual à senhora?

Se recusar a ouvir uma opinião contrária logo depois de enaltecer os tempos de ditadura me causa muito medo. Até porque eu e muitos dos meus amigos seríamos os primeiros censurados caso esse regime voltasse e nós continuássemos no exercício do nosso trabalho.”

Mônica Iozzi

“Se aquilo não é maldade, eu não sei o que é... A minha tristeza, a minha revolta são quase que dor física. Que gente é essa, meu Deus? São mesmo gente? Existe alma ali? Existe coração? Não dá pra desculpar não, Regina. Não dá pra desculpar o seu deboche com torturados pelo Estado, sua naturalização da barbárie. Não dá pra desculpar sua arrogância ao dar de ombros às minorias, esquecendo-se que a senhora é parte do governo e tem a obrigação de trabalhar para todos, não apenas sua pretensa maioria.”

Letícia Colin

“Asfixiando mesmo sem Covid-19. Ainda. Meu coração está estraçalhado. Famílias trucidadas e o fascismo vestido de cor de rosa Damares rindo da gente? O que é isso, meu Deus? Falas são ações. Falas são manifestações de desejos. Falas são o 3D das crenças. Ela não pertence, não representa e nunca representou nossa classe, que isso fique registrado. Meus amigos próximos e eu estaríamos sendo torturados na ditadura... Regina estaria rindo de mim! Meus amigos próximos e eu estamos morrendo infectados de Covid-19. Regina está rindo. A linha do tempo e os privilégios não me mataram. Ainda. Não dá para digerir isso. Então eu vomito