'Farsa' explica por que você não consegue pegar um bicho de pelúcia na máquina

Reprodução
Reprodução

Muita gente já ficou frustrada ao quase conseguir pegar um urso de pelúcia em uma máquina com garra. Mesmo com o esforço do jogador e com um bom dinheiro gasto, na maioria das vezes a pessoa sai de mãos vazias.

Intrigado com o funcionamento desse tipo de atração, o usuário do YouTube Matt3756 levou um bom tempo pesquisando na internet sobre maneiras de conseguir o prêmio, buscando dicas, truques, e estratégias. O youtuber chegou até a ler um manual de funcionamento de uma das máquinas, para compreender como funciona a garra. O que ele acabou descobrindo é algo que muita gente desconfiava há tempos: a garra é ruim de propósito.

Entenda

Reprodução/Flickr
Reprodução/Flickr

Ao comprar uma “claw machine” ou “máquina de garra”, é possível realizar alguns ajustes. Matt conta que a parte do manual que fala sobre as configurações feitas na garra da máquina mostra que o dono pode “calibrar” a taxa de acertos de acordo com o lucro que deseja obter.

Para isso, ele deve inserir no sistema o valor que será cobrado para jogar, o valor médio de cada urso (ou qualquer outro item que sirva como prêmio) e o lucro que deseja obter. Depois disso, a máquina calcula automaticamente quando a garra vai funcionar do jeito certo.

O exemplo usado pelo youtuber é de uma máquina que cobre US$ 0,50, que tenha como prêmio um urso de pelúcia que custe US$ 7 e que o dono deseje obter um lucro de 50%. Isso significa que a máquina vai funcionar corretamente apenas uma a cada 21 vezes que alguém jogar. Outro detalhe é que a “jogada de sorte” não acontece com uma contagem certa, ela pode acontecer aleatoriamente, mas de maneira que garanta o lucro.

Reprodução/Youtube/ VOX
Reprodução/Youtube/ VOX

De propósito

O manual também conta com um item chamado “chance de derrubar”, uma espécie de programação do sistema para que a garra chegue a pegar o item, mas o derrube de propósito. Assim, o jogador acredita que quase conseguiu e é incentivar a tentar mais uma vez.

Apostas

Mas afinal, é questão de sorte ou de habilidade? Tudo depende do ajuste do dono da máquina. As máquinas de garra foram criadas nos anos 30 e, na época, eram tidas como “altamente lucrativas”, já que não havia muita chance de usar a habilidade. Por isso mesmo, por volta dos anos 50, elas chegaram a ser proibidas em alguns locais dos Estados Unidos, consideradas “máquinas de apostas”.

Somente na década de 70, quando as leis foram flexibilizadas, essas máquinas voltaram a se tornar populares e ganharam uma nova versão, mais parecida com a que conhecemos hoje, com a presença de uma espécie de joystick para direcionar a garra. Nos últimos anos, a atração ganhou até prêmios mais chamativos, como smartphones e tablets, com o objetivo de conquistar mais pessoas. O mecanismo, no entanto, continua o mesmo.

”Desde que comecei a minha pesquisa, gastei cerca de um dólar e não ganhei nada. O que eu queria mostrar às pessoas é que elas não são o problema”, explica Matt3756. Confira no vídeo abaixo como funciona:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos