Fãs de Marilyn Monroe expõem danos causados ao vestido usado por Kim Kardashian no Met Gala

Kim Kardashian e o vestido de Marilyn Monroe (Foto: Getty Images)
Kim Kardashian e o vestido de Marilyn Monroe (Foto: Getty Images)

Pouco mais de um mês após o Met Gala 2022, o fato de Kim Kardashian ter usado um vestido original de Marilyn Monroe no evento continua dando o que falar. Agora, fãs da atriz decidiram expor os danos causados à peça, que entrou para a história dos Estados Unidos e marcou a cultura pop mundial quando ela o escolheu para cantar “Happy Birthday” para o então presidente John F. Kennedy.

No antes e depois divulgado pelo perfil The Marilyn Monroe Collection no Instagram, é possível ver que alguns cristais caíram e, na parte de trás, há sinais de esticamento — a fragilidade do tecido, aliás, era a principal preocupação de quem reprovou o empréstimo à empresária, já que se trata de um modelo feito sob medida para Marilyn.

Até o momento, o Ripley’s Believe It Or Not!, espécie de museu que é responsável pelo vestido, não se pronunciou. No entanto, logo depois da devolução, um porta-voz garantiu que nenhum prejuízo havia sido detectado.

Kim, por sua vez, fez questão de pontuar que usou a peça por poucos minutos, trocando-a por uma réplica assim que cruzou o tapete vermelho. “Respeito muito o vestido e o que ele significa para a história americana. Eu jamais gostaria de sentar, comer ou correr o risco de causar qualquer dano a ele”, declarou à revista Vogue durante o baile.