A fascinante descoberta de spa islâmico do século 12 em bar na Espanha

·1 minuto de leitura
Teto do Bar Giralda
O teto do Bar Giralda escondia a casa de banho do século 12

A reforma de um bar em Sevilha, no sul de Espanha, revelou uma casa de banho islâmica do século 12 com abóbadas cobertas por pinturas.

Este hamman ficou escondido e preservado por mais de um século. "Foi uma surpresa absoluta", disse o arqueólogo Álvaro Jiménez à agência de notícias AFP.

Quando as paredes começaram a ser derrubadas, foram descobertas pinturas e dezenas de claraboias de diferentes formas e tamanhos.

Clarabóias na cobertura do bar em Sevilha
O teto está repleto de claraboias
As paredes do hammam são revestidas com azulejos mouriscos
As paredes são adornadas com pinturas e azulejos
Trabalhadores examinam uma casa de banho do século 12
A descoberta foi inesperada, segundo os arqueólogos
O campanário da Giralda e o Bar da Giralda em Sevilha
O bar leva o nome da torre Giralda da Catedral de Sevilha

Os especialistas afirmam que a casa de banho foi preservada graças a um arquiteto do início do século 20, Vicente Traver, que decidiu ocultar o recinto durante a construção de mais dois andares.

O Bar Giralda leva o nome do minarete da antiga Grande Mesquita de Sevilha, que agora é a torre do sino da catedral da cidade andaluz.

Sevilha foi conquistada pelos mouros no século 8, tornando-se mais tarde uma das capitais do califado almóada.

A cidade foi tomada pelo rei cristão Ferdinando 3º de Castela durante a Reconquista, no século 13.

Todas as imagens têm direitos autorais

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!