Fauci, principal nome da luta dos EUA contra a Covid-19, testa positivo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Dr. Anthony Fauci
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

WASHINGTON (Reuters) - Anthony Fauci, autoridade de saúde pública que se tornou a cara dos esforços do governo dos EUA para conter a pandemia de coronavírus, testou positivo para Covid-19 nesta quarta-feira, informou o Instituto Nacional de Saúde (NIH, na sigla em inglês) em um comunicado.

Fauci, principal assessor médico do presidente Joe Biden, estava apresentando sintomas leves, segundo o comunicado. Ele não esteve em contato próximo com Biden recentemente, acrescentou a nota.

O NIH afirmou que Fauci, 81, estava totalmente vacinado e recebeu duas doses de reforço. Ele se autoisolará e continuará trabalhando de casa.

Diretor de longa data do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, Fauci se tornou um personagem popular e confiável durante a pandemia, servindo na força-tarefa do coronavírus da Casa Branca durante o governo de Donald Trump.

Em seguida, foi criticado pelo ex-presidente e alguns de seus aliados republicanos porque alertou contra a reabertura da economia dos EUA cedo demais, e se tornou vilão àqueles que se opuseram à vacina contra a Covid-19 e obrigação de uso de máscaras.

Trump ficou cada vez mais crítico das autoridades sanitárias do governo e de suas orientações quando um pico de infecções ameaçou o alívio das restrições ao redor do país, nos meses que precederam a eleição presidencial de novembro de 2020, que ele perdeu para Biden.

(Reportagem de Leroy Leo em Bengaluru e Doina Chiacu em Washington)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos