Fauci sugere obrigatoriedade de vacina para viagens áreas conforme Ômicron força cancelamento de vôos nos EUA

·1 min de leitura
Dr. Anthony Fauci

Por Lindsey Wasson e Gabriella Borter

SEATTLE (Reuters) - A explosão de casos da Covid-19 nos Estados Unidos, que afetou a disponibilidade de funcionários de companhias aéreas na segunda-feira, causando centenas de cancelamentos de vôos, levou o principal especialista em doenças infecciosas do país a sugerir que o governo considere exigir a obrigação da vacina para viagens aéreas domésticas.

Assim como outras empresas, as companhias aéreas estão experimentando dificuldades com suas equipes nos últimos dias, conforme a propagação de infecções pela variante Ômicron deixou pilotos, tripulantes e outros trabalhadores que adoeceram em casa de quarentena.

Condições climáticas ruins também prejudicaram as viagens. Um total de 1.208 vôos domésticos ou que chegavam ou partiam dos Estados Unidos foram cancelados até a tarde de segunda-feira, de acordo com o website de acompanhamento de vôos flightaware.com.

O número médio de novos casos Covid-19 nos Estados Unidos aumentou 55% para mais de 205.000 por dia nos últimos sete dias, de acordo com uma contagem da Reuters.

Anthony Fauci, principal especialista em doenças infecciosas dos EUA, recomendou na segunda-feira que o governo federal considere exigir a obrigatoriedade de vacinação para viagens aéreas domésticas.

"Essa é apenas uma das exigências que eu acredito razoáveis de considerar", disse Fauci em uma entrevista à MSNBC.

(Reportagem de Lindsey Wasson em Seattle, Washington, e Gabriella Borter em Fairfield, Connecticut)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos